Dono de site que uniu Elize e diretor diz que não controla acompanhantes