Portugal ressalta urgência de se corrigir perdas da pandemia a meninas e mulheres