Cinquenta Tons de Cinza: Críticas